5 sintomas do estresse pós-traumático: descubra quais são e como tratá-los


Em 26 de maio de 2020 • Saúde Mental
5-sintomas-estresse-pos-traumatico

Os sintomas do estresse pós-traumático podem indicar uma complicação grave na saúde de alguém que experimentou um grande trauma no passado, seja esse passado recente ou não. Assim, é importante ficar atento se esses sintomas estão presentes para tratá-los e, assim, resolver questões que atrapalham a vida em sociedade.

Para algumas pessoas, saber como lidar com estresse pós-traumático é um tema desconhecido. Muitos pacientes nem sabem que é possível, com ajuda de um profissional capacitado, resolver as “cicatrizes” do passado para retomar uma vida normal – na medida do possível, claro.

Portanto, para que a devida ajuda médica seja possível, primeiramente é preciso entender quais são os sintomas do estresse pós-traumático. A partir dessa identificação, é necessário procurar o devido auxílio profissional e, com o tratamento recomendado, resolver os problemas que tanto afetam o dia a dia.

Quer saber mais sobre os 5 sintomas do estresse pós-traumático, como eles afetam a rotina e, inclusive, como podem ser perigosos se não tratados corretamente? Continue lendo para descobrir tudo sobre o assunto. Boa leitura!

Afinal, o que é estresse pós-traumático?

O estresse pós-traumático é um distúrbio que ocorre em pessoas que, de alguma forma, foram impactadas por algum evento assustador. Esse evento pode ter colocado a pessoa em risco de forma física, psíquica, social, entre outras possibilidades. Entre os exemplos de eventos traumatizantes, podemos citar abusos sexuais, morais, acidentes, assaltos e sequestros, entre outros.

Na prática, ao relembrar a situação de perigo, todos os sentimentos que envolvem o acontecimento, como medo, memórias, cheiros e sensações retornam à mente da pessoa e, com isso, pode gerar sensação de desconforto e, em casos extremos, síndrome do pânico severa. Portanto, é importante tratar os sintomas do estresse pós-traumático e, obviamente, suas consequências.

Essa condição pode durar meses ou, literalmente, anos, o que é um problema muito grande quando os gatilhos – situações que ativam as memórias do evento traumático – são recorrentes e comuns no dia a dia. Assim, é importante evitar e resolver o estresse pós-traumático com orientação médica.

Leia também: 6 grandes sinais que indicam quando procurar um psicólogo

Identificando os sintomas do estresse pós-traumático

Em alguns casos, os sintomas do estresse pós-traumático aparecem de forma bem clara para as pessoas afetadas. No entanto, para casos mais complexos, os sinais não são claramente percebidos, o que pode gerar um quadro de ansiedade bem grande e que, no dia a dia, dificulta a convivência com terceiros.

É importante enfatizar que o diagnóstico definitivo de um estresse pós-traumático será, sempre, realizado por um profissional capacitado. No entanto, ao perceber as “dicas” no dia a dia, a pessoa afetada pode entender melhor a condição para procurar rapidamente a ajuda médica.

Sendo assim, é importante ficar atento para os 5 sintomas do estresse pós-traumático mais comuns:

1. Reexperiência traumática

Esse sintoma envolve lembranças espontâneas, involuntárias e recorrentes, onde é possível reviver o momento traumático por meio de flashbacks. Além disso, pesadelos que remetem ao evento também são comuns.

2. Afastamento e fuga

Aqui, o distanciamento dos gatilhos que, de alguma forma, estão ligados ao evento traumático também sugerem um quadro de estresse pós-traumático. Esse afastamento, normalmente, é proposital, mas existem alguns casos onde ele pode ser involuntário e não percebido pelo paciente.

3. Distanciamento emocional

Nesse sintoma, podemos perceber uma redução drástica de afetividade, bem como a redução do interesse por atividades que gerem, de alguma forma, carinho e bem estar emocional para quem viveu um evento traumático.

4. Sentimentos negativos

Sensação de vazio, perda de esperança em relação ao futuro, impotência para realizar uma tarefa ou mudança na vida e incapacidade de se proteger do perigo sugerem um quadro de estresse pós-traumático que precisa ser observado por um especialista.

5. Hiperexcitabilidade psíquica

Episódios de pânico, problemas para dormir, falta ou dificuldade de concentração, irritabilidade e reações de fuga exageradas – como se houvesse algo muito perigoso para acontecer – também sugerem problemas com estresse pós-traumático.

Imagem de Gino Crescoli por Pixabay

Como lidar com estresse pós-traumático?

Uma vez que os sintomas do estresse pós-traumático sugerem a presença desse distúrbio, é importante procurar ajuda especializada – conforme falamos várias vezes ao longo desse conteúdo. Assim, o psicólogo poderá entender se os sintomas são recorrentes, o que os ativam e, principalmente, se eles afetam as atividades diárias do paciente.

Após o correto diagnóstico, uma terapia para estresse pós-traumático certamente será recomendada e, dependendo do caso, a complementação do tratamento com o uso de medicamentos, como ansiolíticos e antidepressivos. Além disso, a correção da alimentação e a adoção de uma rotina saudável por meio dos exercícios também ajudam na eficiência do tratamento do estresse pós-traumático.

Em alguns casos, como o estresse causado por uma síndrome de burnout, por exemplo, pode ser recomendado ao paciente o afastamento temporário ou definitivo do trabalho. Esse tipo de recomendação ajuda na redução dos gatilhos que fazem os sintomas do estresse pós-traumático aparecerem e, por consequência, os problemas ligados a ele.

E ainda existem outros tipos de tratamentos, conforme abordado no excelente vídeo do Canal Futura a seguir. Assista-o completamente para entender melhor:

Tratamento pós-traumático. Fonte: Canal Futura.

Gostou do conteúdo sobre os 5 sintomas do estresse pós-traumático? Então, compartilhe com sua rede de amigos, familiares e conhecidos, e faça esse importante conhecimento chegar até eles.

Sobre a OnDoctor

A OnDoctor é uma plataforma de Telemedicina que disponibiliza orientações de saúde por videoconferência. Nossa missão é conectar os melhores profissionais da saúde com pacientes de qualquer lugar do Brasil com segurança e qualidade.