O que é compulsão alimentar? Entenda + 8 dicas para combater com eficiência


Em 15 de setembro de 2020 • Saúde Mental
o-que-e-compulsao-alimentar

Muitas pessoas não sabem o que é compulsão alimentar e os males que essa condição pode causar para a saúde. Entre todos os tipos desse problema, estima-se que 4,7% da população brasileira conviva com algum tipo de transtorno alimentício no dia a dia.

Em muitos casos, a compulsão por comer — sem conhecer os limites para finalizar uma refeição — pode gerar várias consequências para a saúde. Desde a obesidade, insônia, diabetes, pressão alta, problemas de coração e outras consequências, é preciso tomar cuidado nesse sentido.

Portanto, é preciso primeiro saber o que é compulsão alimentar para então conhecer 8 dicas para combatê-la com eficiência. Quer saber mais? Então, continue lendo até o final do conteúdo que preparamos.

O que é compulsão alimentar?

A compulsão alimentar acontece quando uma pessoa come além do necessário, mesmo sem sentir fome. Essa atitude, normalmente, é acompanhada por um grande processo de culpa, já que o indivíduo sabe que exagerou e precisa mudar.

No entanto, não é fácil acabar com o problema. Mesmo que você saiba o que é compulsão alimentar, é necessário entender os motivos que a fazem aparecer e, nesse sentido, a ajuda profissional é extremamente recomendada — e importante.

Porém, mesmo sem a ajuda profissional, existem várias dicas para combater esse transtorno e, assim, evitar o sofrimento que a compulsão alimentar pode causar na rotina. Conheça as dicas, logo abaixo:

Para saber mais sobre o que é compulsão alimentar, veja o vídeo que separamos sobre o assunto:

O que é compulsão alimentar? Fonte: canal Band Jornalismo

Dica 1: identifique seus sentimentos

Em alguns casos, a ansiedade pode ser um grande gatilho para a compulsão alimentar. Em outros, a tristeza é a grande fonte para uma alimentação sem controle e cheia de culpa. Então, é preciso identificar os sentimentos para que o melhor tratamento seja oferecido.

Assim, sempre que resolver “atacar” a geladeira, tente pensar no que está sentindo no momento. Essa clareza vai ajudar a saber o que é compulsão alimentar para a sua realidade e, assim, permitir que seja combatida de forma eficiente.

Dica 2: priorize alimentos ricos em fibra

Frutas, verduras e hortaliças te deixarão saciado por mais tempo, o que é excelente no combate à fome que pode desencadear um quadro de compulsão alimentar. Portanto, dê prioridade para esses alimentos e combata o transtorno com sucesso.

Dica 3: beba bastante água

Beber água conforme as necessidades do corpo — aproximadamente 2 litros por dia — também ajuda a manter a fome sob controle e, da mesma maneira, vai te ajudar no combate da compulsão alimentar.

No entanto, é importante saber que a água precisa ser consumida ao longo do dia. O corpo precisa se manter hidratado o tempo todo para funcionar bem, então evite consumir uma grande quantidade do líquido de uma só vez.

Dica 4: evite os alimentos industrializados

Os alimentos industrializados são deliciosos, mas deixam a desejar quando o assunto é a presença de fibras. Por isso, eles são duplamente perigosos para quem tem compulsão alimentar, já que possuem sabores irresistíveis e não trazem a saciedade desejada.

Nesse sentido, a fome pode facilitar o aparecimento de um quadro de compulsão, visto que o corpo está pedindo alimento e “desativa” os limites necessários. Sendo assim, evite o consumo de industrializados no geral.

Dica 5: evite dietas restritivas

Se você já entendeu o que é compulsão alimentar e como a fome pode ser um grande gatilho para o problema, já percebeu que as dietas restritivas também são um problema para o transtorno.

E isso é verdade pelo corpo estar completamente desprotegido em relação à fome. Com o organismo pedindo comida, as chances de surgir um descontrole na hora de comer serão bem grandes. Portanto, cuidado.

Dica 6: planeje suas refeições

Do mesmo modo que você planeja seu dia de trabalho, também deve separar um tempo para planejar as refeições. Pensar antecipadamente no almoço, café da manhã e da tarde, além da janta, é uma ótima maneira para não cair na compulsão alimentar.

Além do planejamento de horário e do cardápio, você também terá a chance de criar um menu completo e diversificado. Com isso, certamente vai evitar recorrer aos junk foods, o que vai ajudar a controlar a compulsão alimentar.

Dica 7: coma devagar

A mastigação correta e lenta também ajuda bastante a produzir o efeito de saciedade no cérebro, o que vai te ajudar bastante no combate da compulsão alimentar. Para isso, é preciso se dedicar para apenas comer com calma e muita atenção.

Então, desligue qualquer coisa que possa te atrapalhar durante uma refeição. Celular, televisão ou qualquer outro dispositivo que não te permita a concentração profunda com seu alimento. 

Feito isso, é hora de comer devagar, prestar atenção na mastigação e evitar que a compulsão alimentar te faça exagerar.

Dica 8: procure ajuda profissional

Clínico geral, nutricionista, psiquiatra ou endocrinologista podem te ajudar na tarefa de saber o que é a compulsão alimentar e como combatê-la com eficiência. Esses profissionais têm a experiência necessária para te fazer dar a volta por cima nesse sentido.

Então, se você está precisando de ajuda especializada, procure ajuda profissional agora mesmo. Na OnDoctor, você tem acesso aos melhores especialistas via Telemedicina, que é um atendimento eficiente por meio de vídeo chamada.

Assim, você não precisará ficar esperando semanas para receber o diagnóstico da sua situação e, por consequência, poderá tratar o eventual transtorno alimentar com mais velocidade e eficiência.

Baixe o app da OnDoctor agora mesmo para iOS ou Android. Até mais!

Sobre a OnDoctor

A OnDoctor é uma plataforma de Telemedicina que disponibiliza orientações de saúde por videoconferência. Nossa missão é conectar os melhores profissionais da saúde com pacientes de qualquer lugar do Brasil com segurança e qualidade.